Dubladores

Ruth Schelske


Arquivo de Som:

 
Nancy em Shazzan / Duquesa em Aristogatas (Longa-Metragem)


 
Biografia:

 
Ruth Schelske foi uma dubladora Carioca.
 

Início


Ruth Schelske (também conhecida como Ruth Schelsk) nasceu em São Paulo, e começou cedo a carreira na Radio Nacional de São Paulo, com apenas 8 anos de idade. Seu pai queria que ela fosse advogada. Na adolescência, fez vários cursos linguísticos, e na escola regular cursou até o ensino médio. Daí em diante, seguiu a carreira artística.

 

Rádio Bandeirantes

 

Nessa época, entrou para a Rádio Bandeirantes, aonde atuava em diversas novelas, entre elas, as exibidas no programa Novelas Para Você (1952), entre outras.

 

Rádio Nacional de São Paulo

 

Sarita, Lourdes, Maximira Figueiredo, Ruth Schelske, Heloísa e Raquel Martins (1957)

 

Um tempo depois, foi contratada pelas Organizações Victor Costa, e vai trabalhar na Rádio Nacional de São Paulo. Na emissora, entre outros atuou na novela Senzala (1957).

 

TV Paulista

 

Ruth Schelske e Alfredo Ceni (1957)

 

Também ingressou na televisão através da OVC, entrando na TV Paulista. Na emissora, atuava, entre outros no programa Teledrama, aonde realizava-se peças de teatro para a televisão.

 

Odair Marzano e Ruth Schelske (1955)

 

Entre as peças que atuou no programa, estão: A Cela da Morte (1955), com Luiz Pini, José Miziara e Roberto Maya, A Ilha das Cabras (1955), ao lado de Helena Samara, O Casaco de Pele (1955), ao lado de Odair Marzano, Farrapo Humano (1956), ao lado de elenco da Rádio Nacional de São Paulo, Estação 21, Rua 47 (1956), ao lado de Iara Lins, A Cela da Morte (1957), ao lado de Waldir Guedes e Luiz Pini, entre outras.

 

Também trabalhou em programas humorísticos na emissora. Entre eles a Praça da Alegria ao lado de Manuel de Nóbrega.

 

Em 1956, Ruth apresentava um programa de competição entre meninos e meninas na emissora.

 

TV Tupi do Rio

 

Em 1960, mudou-se para o Rio de Janeiro, e foi trabalhar na TV Tupi do Rio. Na emissora, participou de diversas peças no Grande Teatro Tupi, ao lado de Sérgio Brito e Fernanda Montenegro. Na emissora, também trabalhou no programa Câmera Um, interpretando peças, como O Perfume da Morte (1960), ao lado de Carlos Vereza, entre outras.

 

TV Continental

 

Um tempo depois, se transfere para a TV Continental, aonde entre outros, participa do programa TV de Brinquedo, atuando em peças como A Cadeira Encantada (1962), entre outras.

 

TV Rio

 

Por volta de 1964, já na TV Rio, atua no programa Chico Anysio Show, interpretando, entre outras, uma das namoradas do personagem de Chico Anysio, Santelmo dos Anjos.

 

Vida Pessoal

 

Ruth Schelske e Alfredo Cini (1957)

 

Em 1957, ficou noiva do câmera da TV Paulista, Alfredo Cini, a quem conheceu na emissora, e com quem namorava há algum tempo. Se casou com Alfredo em 16 de Abril de 1958, tendo como madrinha no casamento religioso, a atriz e companheira de TV Paulista, Maximira Figueiredo.

 

Dublagem

 

A dublagem foi um caminho natural para Ruth, já que muitos atores da televisão migravam para os estúdios do gênero. Uma das primeiras empresas que trabalhou foi a CineCastro, por volta de início dos anos de 1960, empresa que começou atuando com grande elenco da TV Rio e do Teatro. Posteriormente foi para a Dublasom Guanabara, TV Cinesom, e Herbert Richers.

 

Olivia de Havilland em Tarde Demais

 

Na década de 1960 e 1970, foi no Rio de Janeiro a voz de atrizes como Olivia de Habilland, Jane Fona, Marilyn Monroe, e Susan Saint-James, além da brasileira Sandra Barsotti, na qual emprestava sua voz nas atuações da atriz para o cinema.

 

Ruth além dos filmes, teve grande atuação no mundo infantil, já que sua voz era leve, doce, e Ruth também tinha a capacidade de mudá-la com facilidade.
 

Duquesa em Aristogatas

 

Entre seus inúmeros trabalhos nesse gênero, se destacam Nancy companheira fiel de Chuck no desenho Shazzan, Gasparzinho, o Fantasminha Camarada, nas versões dubladas nos anos de 1970, Duquesa no longa da Disney, Aristogatas, entre outros.

 

Mary Tyler Moore

 

Em séries, ficou marcada no Brasil por ter feito a voz da atriz Mary Tyler Moore na série de mesmo nome. Também dublou a atriz em outras produções, como no filme Ele e As Três Noviças.
 
Ruth veio a falecer precocemente no ano de 1977, deixando um legado de vozes em quase 20 anos de carreira.

 
Trabalhos:

 

Filmes

 

- Olivia de Havilland em Capitão Blood (1935), e Tarde Demais

- Irmã Michelle (Mary Tyler Moore) em Ele e As Três Noviças
- Weena (Yvette Mimieux) em A Máquina do Tempo (1960)
- Linda Montag / Clariss (Julie Christie) em Fahrenheit 451
- Sra. Schofield (Anne Barton) em Os Comancheros
- Lorelei Lee (Marilyn Monroe) em Os Homens Preferem As Loiras

- Anna Karenina (Vivien Leigh) em Anna Karenina (1948)

- Ilene (Debra Paget) em Príncipe Valente (1954)

- Arabella (Virna Lisi) em Arabella (1967)

- Charmaine (Corinne Calvet) em Sangue Por Glória

- Lil Mainwaring (Diane Baker) em Marnie, Confissões de Uma Ladra

- Linet (Patricia Medina) em O Espadachim Negro

- Lady Iolanthe Rogliano (Betta St. John) em A Espada Sarracena

- Letty Crandell  (Stefanie Powers) em Uma Cidade Cruel

- Ilene (Debra Paget) em Príncipe Valente

- Baroness Duarte (Alice Faye) em Uma Noite no Rio

- Lily Murdoch (Lori Nelson) em Desejo Atroz

 

Séries

 

- Mary Richards (Mary Tyler Moore) em Mary Tyler Moore

 

Desenhos

 
- Tara em Os Herculóides
- Sue Richards (segunda voz) em Os Quatro Fantásticos
- Tubb em Moby Dick
- Nancy em Shazzan
- Carneirinho em É o Lobo!
- Pita em Os Tremendões
- Gail em Laboratório Submarino
- Nancy Chan em Charlie Chan
- Lori em Grande Polegar: Detetive Particular

- Duquesa em Aristogatas (Longa-Metragem)

- Tin Tin Karano em Thunderbirds (1ª Dublagem)

- Laurie Partridge em A Família Dó-Ré-Mi 2200

 

Links Relacionados:

 
Reportagem nos Estúdios da Herbert Richers - 06/06/1976

 

Fontes: Ricardo Ribeiro, Acervo Pessoal, Dublanet, Revista do Rádio, Jornal das Moças, Diário da Noite, Diário Carioca, Folha de São Paulo, Wikipédia, InfanTV, Augusto Bisson, Ricardo Salles Zardoz, Carlos Amorim, IMDB, Jaerte Antonio Junior, Blog do Maga, Imprensa Popular, Pinterest, Olivia de Havilland.tumblr.com, The New Yorker.